A profilaxia pré-exposição ao HIV (PrEP), é uma estratégia de prevenção que envolve a utilização diária de um medicamento antirretroviral (ARV), por pessoas não infectadas, para reduzir o risco de aquisição do HIV através de relações sexuais.

O estudo PrEP Brasil vai avaliar a aceitação, a viabilidade e a melhor forma de oferecer a PrEP à população brasileira como prevenção ao HIV.

 

 

Desde 2010 os resultados de várias pesquisas vêm comprovando que o uso diário de 1 comprimido que combina 2 antirretrovirais, o tenofovir (TDF) e a emtricitabina (FTC), comercializado com o nome de TRUVADA®, é eficaz na prevenção da aquisição do HIV por via sexual. Entre homens que fazem sexo com homens (HSH) e travestis, a eficácia pode chegar a 99% se o indivíduo fizer uso regular do medicamento, ou seja, se ingerir 1 comprimido todos os dias da semana. Os estudos mostraram ainda que o uso diário do TRUVADA® é seguro, pois os efeitos colaterais mais comuns foram leves e temporários, sem ocorrência de efeitos colaterais graves.

Em 2012 a utilização do TRUVADA® para a prevenção do HIV foi aprovada nos Estados Unidos. E recentemente, os Centros para o Controle de Doenças (CDC), uma agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, recomendaram o uso dessa medicação para prevenção da infecção pelo HIV para pessoas sob maior risco de adquirir esse vírus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), reconhecendo o potencial da PrEP para o enfrentamento da epidemia do HIV/AIDS, recomendou o desenvolvimento de estudos para avaliar como esta estratégia de prevenção pode ser utilizada no mundo, considerando as especificidades da epidemia, da cultura e dos sistemas de saúde, que variam amplamente entre os países.

 

Este estudo é desenvolvido em quatro centros de pesquisa de referência no país:

– Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas – Fundação Oswaldo Cruz – (LapClin AIDS do INI-Fiocruz – Rio de Janeiro)

IMG_8983

– Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP – São Paulo)

equipe-usp-sp

– Centro de Referência e Treinamento em DST/AIDS-SP (CRT-DST/AIDS – São Paulo)

equipe crt

– SAT – Hospital Partenon (Porto Alegre)

– FMT – Fundação de Medicina Tropical (Manaus)